Posts com tag “Nando Reis

TOP 5 ÁLBUNS

É mais que comprovado que todo mundo gosta de música.
Desde os tempos primordios, nossos antepassados já se comunicavam por meio dela.
Clássica, barulhenta ou eletrônica, não importa o gênero dela – com certeza todos possuem milhares de adeptos (Uns que até se julgam incapaz de viver sem ela).

Mas, mesmo cercada de tanta coisa boa, é sempre muito difícil encontrar um artista ou banda que consiga produzir um disco inteiro (de mais ou menos 12 faixas) sem que você
sinta vontade de apertar o ‘pular’ em alguma(s) delas. Esse post foi feito para mostrar os que, pra mim, alcaçaram esse feitio.


antes de mais nada é preciso dizer que a posição não é igual a classificação. ok?
ps: desisti da ideia de MELHORES FAIXAS porque eu sempre queria escolher tipo TODAS e não deu certo, ok?

1. TONIGHT (Franz Ferdinand) posso falar uma coisa? Franz foi sempre uma banda que eu ouvia no TVZ e tinha vontade de conhecer. Mas rolava uma certa preguicinha
de baixar por causa da maldita impressão que eu só iria gostar de 2 ou 3 músicas que, com certeza, seriam singles. Até o dia em que eu baixei o último CD da banda, depois de
ver o recém-lançado clipe do No Yo Girls e ficar viciada, e mudei de impressão. E não é só o CD de estúdio dos caras que é bom não. Puta que pariu, o show deles entrou, aos meus 15 anos,
como o melhor show da minha vida.

2. QUE PAÍS É ESSE? (Legião Urbana) eu tenho um caso de amor com a Legião desde que eu tinha uns 9 anos e ouvi pela primeira vez Eduardo e Mônica, que era a sensação do karaoke numa festa que eu fui. Cheguei em casa e ouvi aproximadamente 5.600 vezes até aprender a letra. Depois foi a vez de Faroeste Caboclo, fiquei de olhinhos brilhandocom uma amiga que sabia cantar a música toda e aprendi em um dia. Depois foi Química, que tinha muito a ver com uma época de mi vida etc etc. E, de todos os CDS da Legiãoaqui em casa, esse é de longe o meu favorito, porque reune as melhores criações deles.

3. NANDO REIS & OS INFERNAIS (Nando Reis) o que primeiro me chamou a atenção nesse cd (na verdade eu tenho só o DVD, que é muito bom), foi a música All Star.
Eu, como fiél amadora do tênis fui me juntar a minha mãe que assistia ao DVD (na época ainda alugado) e acabei descobrindo que várias músicas que eu adorava que a Cássia Eller cantava eram dele. Nando Reis é um puta compositor (confesso que agora ele anda meio apagadinho, mas ele volta!) que teve suas melhores músicas reunidas nesse CD do show (que é ótimo!) gravado em Porto Alegre.

4. ROOM ON THE 3RD FLOOR (McFly) acho que todo mundo sabe qual é a minha banda favorita (mas antes que venham com as críticas de sempre, eu não a acho tipo a melhor banda do mundo -Queen vai sempre ter meu coração- é só a banda com quem eu mais me identifico, que eu gosto de absolutamente todas as músicas e nunca fico ‘ai, não aguento mais essa música’). Por isso é bem dificil escolher só um entre todos os álbuns. Mas preciso admitir que o primeiro cd deles detona os outros. Eles mudaram muito comparando o primeiro ao último album lançado. Mas esse sempre será o meu favorito. Tipo ‘o álbum com qual eu conheci Mcfly”

5. NOTHING PERSONAL (All Time Low) lembra o que eu falei do Franz ali em cima? Então, All Time Low também sempre foi uma banda que eu queria conhecer, até baixar o último CD (que tem um nome que eu adoro! Nada pessoal) e não me arrepender. O que tem de música perfeita pra cantar se esgoelando ao máximo é incrível. Impossível não gostar. Sem falar que todos os clipes dos singles dele são geniais, vejam Weightless, por exemplo, e digam o que acharam!